quinta-feira, 11 de setembro de 2014

06 de Março de 2012

Ontem foi dia 5. E a programação da comemoração ficou por conta do meu marido. E fomos tomar café no "café do Porto". Simplemente maravilhoso. 


Eu adorei por vários motivos. Primeiro amo café. Segundo, amo cafeterias. E em terceiro, apesar das coisas em cafeterias ser bem calóricas, é melhor que jantar em muitos restaurantes por ai. E como ficou no lugar da minha janta (onde consumo 500 calorias), o estrago não foi tão grande. Não vou negar que teve um estrago, mas bem pequeno.

Acabou que nem tomamos café. Dividimos um quiche. Comi 1/4 de um sanduba que meu marido pediu. Mas a torta doce, eu comi uma sozinha. Na verdade comi duas, mas metade de cada uma. Eu pedi uma, meu marido pediu outra e dividimos. Foi a minha sorte, porque a torta do meu marido devia ser muito menos calórica que a minha. Se eu tivesse comido a minha sozinha.....aí sim, teria vontade de morrer.

Eu sei que a formiga aqui pegou pesado nos doces, mas para isso economizei muito nos salgados.

Eu sei que o cardápio de ontem não é o ideal. Mas não é regra. Foi a exceção do dia 5. É disso que eu gosto na RA, pode-se comer de tudo, mas em quantidade moderada. E se comer de mais num dia, compensa no outro e segue em frente. Nada de atacar a geladeira por conta disso. É só compensar e seguir em frente.

Então, apesar de ontem ter a comemoração do dia 5, foi sim muito perfeito. Dei uma maneirada nos salgados para poder comer o doce, e sobrevivi a isso.

E agora terá muito alface e muita fruta até o próximo dia 5. E principalmente muita malhação.





Já estou no dia 12. Sim, 12 dias perfeitos!


Sim, apesar da torta de ontem, foi sim um dia perfeito. Porque comi doce que nem gente grande. Compensando ontem, compensando hoje, e sem me culpar por isso.

Não comi desesperadamente tudo que via pela frente. E estou muito feliz por isso. Muito feliz mesmo. Acho que isso mostra amadurecimento. Espero nunca mais me comportar como uma criança mimada. Pelo menos não referente à comida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário