sexta-feira, 5 de setembro de 2014

13 de Fevereiro de 2012

Se você já fez dieta alguma vez na vida vai saber do que eu estou falando. Mas tomara.....tomara que você seja diferente, tomara que você seja uma pessoa totalmente controlada e focada.

Mas para quem faz dieta esta é uma situação aparentemente inevitável (mas na verdade é completamente evitável). Um belo dia, você acorda, como de ressaca. Se olha no espelho e se pergunta: o que é que eu fiz?


É como se você tivesse passado dias inteiros no piloto automático, talvez nem se lembre do que fez. E se lembra, preferia esquecer.

Esses momentos são constantes pra mim nas segundas feiras. Depois de um trágico fim de semana. E algumas vezes depois das férias. E é exatamente este o meu caso.

Tentei caminhar. Na verdade caminhei. Mas é muito difícil fazer dieta quando todos os armários tem alguma coisa com mais de 1.000 calorias por poção. Então algumas vezes eu comia por compulsão. Mas outras por puro prazer.

E eu volto pra casa me perguntando “por que?”. Por que deixo a comida ganhar a batalha? Por que eu não sou mais eu? Por que?

Eu sei que essa novela foi muito vista. Por mim e por muitas das gurias. Mas desta vez o final pode ser diferente. E será!






A foto da tragédia.

Volto para casa com 82,5 kgr........e completamente envergonhada!







Como sempre retomo a minha RA com um plano na cabeça....mas desta vez o plano não é de emergência. É um plano para a vida toda. Um estilo de vida:


Vou viver um dia de cada vez!

Eu sou muito angustiada com tudo, e estou sempre preocupara com o amanhã. Mas agora eu vou viver cada dia. Vou fazer o meu melhor naquele dia. E deixar o amanhã para o amanhã.

Preciso aprender que a única coisa que realmente posso controlar na vida são minhas escolhas....nada mais. Mas vamos combinar, isso é mais que suficiente!

Então viva o hoje! 







Meu corselet novo...look para o show da Laura Pausini. (feve/2012)







 Foto das férias:


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário