quinta-feira, 11 de setembro de 2014

14 de Março de 2012

É tão bom ficar numa casa limpinha....


É bem verdade que dá um trabalho danado, ainda mais com 3 cachorros para sujar tudo de novo bem rapidinho. Mas depois de tudo pronto, sentar no sofá e sentir o cheirinho de limpeza é tudo de bom.

Sem falar que a cada limpeza a gente se apaixona pela casa de novo, já faz planos, arquiteta mudanças...eu já to cheia de ideias.

Enfim, espero que esta limpeza dure e sobreviva aos meus 3 cachorros malucos.





Da festa de aniversário da minha sogra herdamos um pedaço de bolo. Que está na geladeira.


Antes quero deixar claro aqui que isso é algo exclusivamente da parte do meu marido. Quero dizer, você vai pra uma festa e depois que a festa acaba eles dividem tudo em potes e sai todo mundo com pote de sorvete recheado de guloseima. Aliás, isso é da família inteira do meu marido. Eu, particularmente não gosto disso. Não gosto por vários motivos.

Primeiro que fica um monte de doce em casa e acabamos comendo. Segundo que nada mais brega que sair da casa dos outros com pote com comida. Terceiro que é super mal educado. Olha, não sou uma pessoa muito fina...não mesmo. Mas tento ter um pouco de educação. Quarto que a mãe do Renato geralmente pega tudo e junta num pote só, e as coisas vão meio que se misturando e quando chegamos em casa fica parecendo uma coisa qualquer esquisita.

E não é só quando a gente vai nas festas deles. Quando eles vem nas nossas é a mesma história. Quando a festa é aqui em casa a gente banca tudo, todo mundo vem, come a vontade e o que sobra ainda leva na marmita pra casa. Acho isso inaceitável. Mas enfim, não vou discutir diferenças familiares aqui.

Volto então ao bolo.

O bolo tá lá, na minha geladeira, me chamando. Não sei como, mas ele descobriu o meu nome. Eu coloquei ele tão no fundo que não dá nem pra ver. Então acabo me esquecendo da existência dele . Mas quando acidentalmente o vejo, bah, chega a dar um nó na garganta. Eu fecho os olhos e me vejo comendo tudo de uma só vez. Mas vou resistir. Estou com 20 dias perfeitos, cheguei até aqui e vou seguir em frente.

O bolo vai ficar na geladeira. E se demorar muito pro meu marido comer, vai pro lixo. Sem dó nem piedade. Antes o bolo que os meus dias perfeitos. Vou resistir!






Sábado começa no Discovery Home & Health uma nova temporada de The Biggest Loser.

Não vejo a hora.

Andava passando no lugar um programa chamado "quilo por quilo". Que nem sei se é pior ou melhor porque eu não assisti a nenhum episódio. Eu gosto mesmo é do The Biggest Loser.

A vencedora da temporada passada foi uma heroína. Lutou tanto. E conseguiu.


É por isso que gosto tanto do programa. Ele me dá esperanças. Mostra que é possível. Vou contar os dias até sábado. Mas pena que desta vez, pelo que entendi, não vai ter horário de reprise. Só vai passar aos sábados (21h). Então já até sei que o meu marido vai reclamar, mas não tem jeito. Agora TODOS os sábados terei um encontro marcado com meu eu. E não há programação que me convença a sair de casa.

Terei um encontro com a minha esperança. Com a mulher forte dentro de mim que deseja florecer. 


Agora é desfrutar de uma nova temporada. Bem na época em que estou criando meu novo eu. Não vejo a hora de começar.






Hoje é o dia 20!


São 20 dias de Reeducação Alimentar. São 20 dias perfeitos. Dos 100, 20 dias é 1/5.

E 20 dias....sem jacar...é tempo pra caramba. Estou orgulhosa de mim. E vou ficar ainda mais quando chegar nos 100. E vou chegar nos 100.

Merecia um presente por isso. Aliás, merecia um presente todos os dias, mas isso seria de mais para meu bolso. O proximo presente só quando eu completar 1 mês. E não vai demorar muito!

Nenhum comentário:

Postar um comentário